Guatemala

Adolescentes na Guatemala

Em um lugar onde a pobreza e a desigualdade são predominantes, as mulheres indígenas são, de longe, o grupo mais desfavorecido e vulnerável. Os direitos das adolescentes não são protegidos e, portanto, muitas meninas e mulheres não frequentam a escola e vão para o trabalho infantil. Mais de dois milhões de crianças na Guatemala não frequentam a escola, a maioria vive em áreas rurais. A prevalência do trabalho infantil é maior na Guatemala do que em qualquer outro lugar na América Latina. As meninas podem ser forçadas a passar muitas horas trabalhando, sobrando pouco tempo para a escola ou apenas para ser uma menina.

O que o Girl Up está fazendo na Guatemala?

O Girl Up apoia meninas adolescentes na Guatemala, financiando um programa conjunto da ONU que oferece um pacote de serviços integrado e abrangente junto com parceiros nacionais e organizações locais de implementação. Esses programas abordam os complexos desafios que limitam as oportunidades de sucesso das meninas indígenas.

Através do programa conjunto da ONU, o Girl Up empodera meninas das seguintes maneiras:

  • Abordar o nosso trabalho com quatro metas estratégicas

    1. Proporcionar um aumento nos investimentos sociais para meninas adolescentes
    2. Aumentar a idade legal do casamento para 18 anos
    3. Reduzir a gravidez na adolescência, a violência sexual e o tráfico
    4. Apoiar os esforços civis que exigem educação sexual abrangente
  • Fortalecer o apoio e a capacidade do governo

    • O programa conjunto da Girl Up financiado pela ONU trabalha com o governo nacional da Guatemala (Ministério da Educação, Ministério da Saúde e Instituto Nacional de Estatística) para apoiar meninas adolescentes de todo o país, com foco específico em meninas indígenas em áreas rurais.

  • Construir parcerias

    • Por meio de parcerias com organizações locais, o programa implementou atividades que fortaleceram as habilidades sociais de centenas de meninas adolescentes de comunidades rurais. Além disso, meninos, familiares e cuidadores, líderes comunitários e técnicos de saúde também participaram de processos de formação para se tornarem aliados na prevenção da violência e da gravidez na adolescência.

Sobre a Guatemala

A Guatemala está localizada na América Central, entre o México, El Salvador, Honduras e Belize. A antiga civilização maia floresceu em torno da Guatemala de hoje, criando um poderoso império. Hoje, a população é de herança mista, com quase 40% dos habitantes reivindicando herança maia indígena, e pouco menos de 60% classificados como “ladino” (sangue miscigenado de nativo e europeu). Além disso, o governo reconhece 23 línguas indígenas.